quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Criticada, Repórter deixa cobertura da Globo em Paris

Cecília Malan, filha do ex-ministro da Fazenda Pedro Malan, sumiu da cobertura sobre o atentado terrorista em Paris após ter cometido gafes e virado alvo de críticas na internet; ela demonstrava nervosismo no ar e tomou um grande susto ao vivo ao presenciar um tiroteio

A repórter Cecília Malan, correspondente da TV Globo em Londres, não apareceu mais em reportagens sobre os atentados terroristas em Paris, depois de ter sido alvo de críticas nas redes sociais.

A jornalista, que é filha do ex-ministro da Fazenda Pedro Malan, demonstrava nervosismo no ar e cometeu algumas gafes, como tomar um baita susto com um tiroteio ocorrido em um supermercado judaico, onde um terrorista mantinha reféns.

No susto, ela saiu da frente da câmera da Globo e, depois que voltou, admitiu ao apresentador do Jornal Hoje, Evaristo Costa, que nunca tinha ouvido um tiro na vida. Perguntada sobre atualizações do atentado, ela reclamou, ainda nervosa, da falta de internet no local.
Em outra ocasião, ela também admitiu não saber o que os franceses estavam sentindo a respeito dos acontecimentos.

Outro jornalista que cometeu gafe durante a cobertura em Paris foi o experiente André Luiz Azevedo, que mostrou, por engano, uma capa antiga do jornal Charlie Hebdo apresentando-a como a nova, divulgada hoje. A Globo divulgou uma nota se retratando e pedindo desculpas pelo erro.

Cecília Malan voltou aos estúdios da Globo em Londres nesta quarta-feira 14, posto que ocupava antes da cobertura em Paris. Ontem, quem deu as notícias de Paris foi o repórter Roberto Kovalick. 

Nenhum comentário:
Write comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.