terça-feira, 1 de novembro de 2016

Amigo de Moro encontra defensor de Lula e gera desconfiança

Uma reunião entre um amigo do juiz Sérgio Moro com um dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva causou desconforto e desconfiança entre os integrantes da força-tarefa da Lava-Jato. O encontro aconteceu há cerca de 15 dias, no escritório do advogado Roberto Teixeira, em São Paulo.

Luiz Fernando Delazari é assessor parlamentar do senador Roberto Requião(PMDB-PR) e amigo de Moro há cerca de 40 anos. Conhecido no meio político do Paraná, ele também é advogado, já foi secretário de Segurança Pública do Estado durante a gestão de Requião e promotor de Justiça. O Estado apurou que Delazari viajou de Curitiba a São Paulo, onde se encontrou com Teixeira. O advogado Luiz Carlos da Rocha também participou da reunião. O assunto tratado não foi revelado. No mesmo dia, Delazari e Rocha teriam se encontrado com representantes da família Constantino, donos da Gol.

Integrantes da força-tarefa já tinham recebido informações de que amigos de Moro estariam sendo procurados por pessoas interessadas em informações pessoais e profissionais do juiz da Lava-Jato. Um policial federal disse reservadamente à reportagem que considera o encontro "estranho". Moro não sabia da reunião de Delazari com o defensor de Lula.

Na Lava-Jato, o ex-presidente é réu no processo que apura a compra de triplex no Guarujá, no litoral de São Paulo, por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Também responde a acusações de tentar atrapalhar as investigações da operação.

Nenhum comentário:
Write comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.