terça-feira, 1 de novembro de 2016

Mulher fica gravemente ferida após soltar ''puns'' durante cirurgia e causar explosão

Uma paciente ficou gravemente queimada após soltar gases durante uma cirurgia, fazendo com que o laser explodisse. A mulher de 30 anos, cujo nome não foi divulgado, estava sendo operada no Hospital da Universidade de Tóquio no último dia 15 de abril quando o caso aconteceu.

O médico estava com o laser no cólon da paciente quando ela expeliu os gases que geraram a combustão. Segundo o jornal japonês “The Ashai Shimbun”, a mulher sofreu queimaduras em grande parte do corpo, principalmente na área da cintura e nas pernas.

A comissão médica divulgou um relatório no último sábado, afirmando que materiais inflamáveis estavam na sala de operação durante a cirurgia e que o equipamento estava funcionando normalmente. “Quando o gás intestinal do paciente vazou para o quarto, causou uma chama no laser e acabou atingindo o campo cirúrgico, causando o fogo”, disse o relatório, segundo o jornal japonês.
(Extra)

Nenhum comentário:
Write comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.