quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Enel registra mais de mil raios no Ceará só com a chuva desta terça-feira (17)

De acordo com a Enel Distribuição Ceará, somente com as chuvas registras nas últimas horas no Estado, foram verificados, por meio do Sistema de Monitoramento de Descargas Atmosféricas, 1008 descargas. O número representa cerca de 43% dos raios registrados no mês inteiro no estado, quando, de 1º a 17 de janeiro, foram registrados 2.339 raios, um aumento de cerca de 51% a mais comparado ao todo mês de janeiro do ano passado.

O município de Granja foi o que teve maior incidência, registrando 166 descargas só neste ano, seguido de Araripe (135) e Várzea Alegre (118), todos na região do Cariri. Na manhã de hoje, um raio caiu próximo a um colégio em Dom Quintino, em Crato. Com a claridade da descarga, várias crianças, com idade média de 10 anos, passaram mal.

Em 2016, foram registrados 22.596 raios no Ceará. Granja foi o município com a maior incidência de raios no Ceará (1291); seguido de Santa Quitéria (946) e Sobral (941). O monitoramento das descargas atmosféricas no Ceará feito pela Enel, por meio do seu Centro de Controle do Sistema (CCS), tem por objetivo acompanhar e orientar as equipes de manutenção do estado sobre ocorrências na rede elétrica provocadas por descargas atmosféricas.

Cuidados dentro de casa durante tempestade:
· Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;
· Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;
· Evitar consertos de instalações elétricas;
· Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Cuidados fora de casa durante tempestade:
· Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;
· Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.
Diário do Nordeste

Nenhum comentário:
Write comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.