sexta-feira, 24 de março de 2017

Recuperandos da Fazenda da Esperança participam de curso para cura interior

Buscar o autoconhecimento e a cura interior a fim de ordenar para o amor as experiências vividas. Esse é o objetivo do curso Fio de Ouro, oferecido para os homens que se encontram em processo de recuperação da dependência química na Fazenda da Esperança São Bento, localizada em Patriarca, distrito de Sobral.

Dividido em oito semanas, com encontros às quartas-feiras, o curso é facilitado pela Comunidade Católica Shalom em Sobral e faz parte de um caminho de autoconhecimento e cura interior chamado ordo amoris, um programa de formação humana para maturidade na vida cristã, de forma a proporcionar que o homem retorne à sua vocação primeira, que é a santidade.

“Esse caminho surgiu pela necessidade de dar uma resposta ao flagelo da falta de sentido de vida que assola o mundo. A Igreja olha para o homem que sofre e por ele tem compaixão, compaixão que gera esperança de dias melhores”, explica o facilitador do curso, o missionário da Comunidade de Aliança Shalom, Sesimar Alves.

Para Sesimar, o curso será um grande instrumento nas mãos de Deus a partir da abertura de coração de cada recuperando da Fazenda da Esperança. “A formação nos leva a visitar o nosso passado e sobre ele lançar um olhar de misericórdia, sobre as realidades em nossa vida que precisam ser reabertas e expostas a Deus para que Ele venha curar, no Seu tempo e na medida perfeita do Seu amor e da Sua misericórdia. Ele tudo perdoa e tudo cura”, pontua o missionário.

Espiritualidade
O curso Fio de Ouro é uma das atividades que objetiva fortalecer nos recuperandos da Fazenda da Esperança a espiritualidade para que, dia a dia, consigam por meio do Evangelho superar o vício das drogas. Meditando diariamente o Evangelho, são chamados a colocarem em prática a chamada “palavra de vida”, uma espécie de lema para bem viverem, a cada dia, sua luta contra a dependência.

A rotina dos recuperandos inclui também a recitação do terço, celebração da Palavra e comunhão de almas. Há dois anos, a capela de São Bento, construída nas dependências da Fazenda, tornou-se o Santuário da Esperança, com bênção do bispo Dom Vasconcelos. No local, acontecem os momentos de litúrgicos com os recuperandos. A Fazenda da Esperança tem como presidente e orientador espiritual o padre Ítalo Arcanjo.

Trabalho e convivência
Na sua luta contra as drogas, os acolhidos da Fazenda São Bento desenvolvem atividades como artesanato, horta, marcenaria e criação de animais. Atuam ainda na produção de biscoitos e pães, que acontece na Panificadora da Esperança, espaço construído graças a recursos da Receita Federal. Os itens produzidos pelos recuperandos da Fazenda estão disponíveis na lojinha da Fazenda da Esperança, no escritório localizado na Cúria Diocesana de Sobral (em frente à praça Quirino Rodrigues, no Centro de Sobral).

Atrelada à espiritualidade e ao trabalho, a convivência em família também se torna essencial para que os acolhidos aprendam uma nova forma de vida. Regularmente vivem momentos em que partilham sua vivência, além de diariamente participarem de atividades de esporte e lazer.

A comunidade terapêutica propõe um processo pedagógico de 12 meses de duração. Quem pretende enfrentar esse desafio dá o primeiro passo mediante uma carta escrita de próprio punho, manifestando os motivos da sua vontade de buscar vida nova.

Para ajudar
Para ajudar à Fazenda da Esperança São Bento, doações podem ser feitas para a conta corrente 3544-8 / agência 0554, da Caixa Econômica Federal. Maiores informações podem ser obtidas pelo fone (88) 3611-0054.

Nenhum comentário:
Write comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.